• Manual de Eletrofisiologia e Eletroacústica Um Guia para Clínicos

Manual de Eletrofisiologia e Eletroacústica Um Guia para Clínicos

  • Editora: BOOK TOY
  • Autor: MENEZES
  • Produto disponível


  • de: R$290,00
  • por:

    R$232,00


Especificação
Título MANUAL DE ELETROFISIOLOGIA E ELETROACUSTICA
Autores(as) Pedro de Lemos Menezes/ Milaine Dominici Sanfis/ Daniela Capra/ Kelly Cristina Lira deAndre/ Ana Claudia Figueiredo Frizzo
ISBN 9786586131208
Edição / Ano 1/2021
Número de Páginas 312
Dimensões 28X21X4
Capa CAPA DURA
Descrição

A cooperação científica entre dois centros de estudos e pesquisas sobre os potenciais eletrofisiológicos, o grupo de pesquisa audição, tecnologia e envelhecimento, do Laboratório de Audição e Tecnologia (LATEC), da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), e o grupo de estudos sobre a Audição, do Laboratório de Avaliação Objetiva da Audição (LAAUD), da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP - Campus Marília), somado à colaboração de pesquisadores renomados, resultou, em 2018, no Tratado de Eletrofisiologia para a Audiologia. Posteriormente, o Centro de Eletrofisiologia e Neuroaudiologia Avançada (CENA) uniu-se a esses dois grupos e o trabalho dos três centros, mais uma vez com a colaboração de estudiosos de destaque nacional e internacional, resultou na elaboração da presente obra. O Manual de Eletrofisiologia e Eletroacústica: um guia para clínicos desvenda a prática da eletrofisiologia em detalhes, fornece os protocolos mais aceitos internacionalmente para cada tipo de exame e apresenta um passo a passo, que facilita a execução dos procedimentos de maneira mais assertiva pelos profissionais da área. Além disso, os capítulos possuem os intervalos referenciais para os componentes estudados em populações normais. O presente livro possui vinte e um capítulos. O primeiro introduz os principais conceitos trabalhados e os demais são divididos em seis partes: 1) pré-exames; 2) exames sensoriais auditivos/emissões otoacústicas; 3) exames eletrofisiológicos de curta latência; 4) exames eletrofisiológicos de média latência; 5) exames eletrofisiológicos de longa latência; 6) outros exames. A parte 1 (pré-exames) é composta por um capítulo que descreve os procedimentos de biossegurança a serem observados para a realização da avaliação eletrofisiológica, e um capítulo que descreve o que são os intervalos de referência, ou padrões de normalidade, e como obtê-los antes de oferecer o serviço da referida avaliação em consultórios, clínicas, laboratórios e hospitais. Na parte Il (exames sensoriais auditivos/emissões otoacústicas) foram reunidos os capítulos que avaliam a cóclea ou, especificamente, as emissões otoacústicas e a supressão das mesmas. Na parte III (exames eletrofisiológicos de curta latência) estão reunidos todos os exames de avaliação eletrofisiológica de curta latência que efetivamente avaliam o sistema auditivo. Destacam-se as avaliações evocadas por cliques e tone bursts, o exame por via óssea, o potencial evocado auditivo de tronco encefálico automático, os potenciais evocados eletricamente e os efeitos do uso de medicação nestes potenciais. O capítulo com o exame predominantemente de média latência está disposto na parte IV. Assim, tem-se o capítulo sobre os potenciais evocados auditivos de média latência. Na parte V podem ser encontrados os capítulos que descrevem em detalhes os potenciais evocados auditivos de longa latência, entre eles os corticais, os cognitivos e omismatch negativity. Por fim, na parte VI, estão dispostos outros exames. Dentre eles, o capítulo sobre a monitorização de tronco encefálico, o qual foi disposto nessa seção por ser um exame que não tem como função específica o diagnóstico auditivo, como os que estão na seção dos exames de curta latência. Encontram-se também os capítulos sobre as respostas evocadas auditivas de estado estável, Frequency Following Response e potenciais miogênicos evocados vestibulares, com riqueza de detalhes Por fim, o Manual de eletrofisiologia e eletroacústica: um guia para clínicos reúne todo o conhecimento prático necessário para que os profissionais da área possam aprimorar, ainda mais, suas técnicas de execução dos exames, pautados nos protocolos, procedimentos e intervalos de referência internacionalmente aceitos. É uma ferramenta fundamental, ainda, para os demais profissionais e estudantes que desejem ter iniciação prática nessa apaixonante área do conhecimento.



Sumário

INTRODUÇÃO

1
ELETROFISIOLOGIA DA AUDIÇÃO

Piotr Henryk Skarżyński • Aleksandra Kołodziejak • Milaine Dominici Sanfins

PARTEI
PRÉ-EXAMES

2
BIOSSEGURANÇA EM ELETROFISIOLOGIA..

Maria da Glória Canto de Sousa · Kelly Cristina Lira de Andrade

3
INTERVALOS DE REFERÊNCIA DOS INSTRUMENTOS UTILIZADOS PARA EVOCAR POTENCIAIS ELETROFISIOLÓGICOS

Pedro de Lemos Menezes · Maria Cecília Martinelli · Liliane Desgualdo Pereira

PARTE II
EXAMES SENSORIAIS AUDITIVOS/EMISSÕES OTOACÚSTICAS

4
EMISSÕES OTOACÚSTICAS TRANSIENTES E POR PRODUTO DE DISTORÇÃO

Milaine Dominici Sanfins • Thais Antonelli Diniz Hein • Thalita Ubiali ·
Maria Francisca Colella-Santos

5
SUPRESSÃO DAS EMISSÕES OTOACÚSTICAS.
Lilian Ferreira Muniz

6
Eletrococleografia

Natalia Ferrazoli • Daniela Capra

PARTE III
EXAMES ELETROFISIOLÓGICOS DE CURTA LATÊNCIA

7
PEATE AUTOMÁTICO: SEU USO NA CLÍNICA E NA TRIAGEM AUDITIVA NEONATAL
Flávia Martins Ribeiro • Mônica Jubran Chapchap

8
POTENCIAL EVOCADO AUDITIVO DE TRONCO ENCEFÁLICO COM ESTÍMULO CLIQUE .....
Silvana Maria Sobral Griz. Denise Costa Menezes • Kelly Cristina Lira de Andrade • Karina Paes Advíncula

9
POTENCIAL EVOCADO AUDITIVO DE TRONCO ENCEFÁLICO POR FREQUÊNCIA ESPECÍFICA
Daniela Capra

10
POTENCIAL EVOCADO AUDITIVO DE TRONCO ENCEFÁLICO POR VIA ÓSSEA
Natalia Ferrazoli • Priscila Karla Santana Tomitta

11
POTENCIAIS AUDITIVOS DE TRONCO ENCEFÁLICO EVOCADOS ELETRICAMENTE (PEATE-e)
Fabiana Danieli. Miguel Hyppolito

12
EFEITO DA MEDICAÇÃO NAS RESPOSTAS DO POTENCIAL EVOCADO AUDITIVO DE TRONCO ENCEFÁLICO
Magdalena Beata Skarżyńska · Milaine Dominici Sanfins

13
RESPOSTA EVOCADA AUDITIVA DE ESTADO ESTÁVEL

Ilka do Amaral Soares · Elizângela Dias Camboim · Érika da Rocha Mahon • Otávio Gomes Lins

14
AVALIAÇÃO ELETROFISIOLÓGICA E A SUA IMPORTÂNCIA NA REABILITAÇÃO - CASOS CLÍNICOS

Edilene Marchini Boéchat · Andreia Lot

PARTE IV
EXAMES ELETROFISIOLÓGICOS DE MÉDIA LATÊNCIA

15
POTENCIAL EVOCADO AUDITIVO DE MÉDIA LATÊNCIA.

Milaine Dominici Sanfins

PARTE V
EXAMES ELETROFISIOLÓGICOS DE LONGA LATÊNCIA

16
POTENCIAL EVOCADO AUDITIVO CORTICAL
Ana Claudia Figueiredo Frizzo

17
POTENCIAL EVOCADO AUDITIVO DE LONGA LATÊNCIA (PEALL): POTENCIAL COGNITIVO (P300)
Milaine Dominici Sanfins · Carla Gentile Matas

18
MISMATCH NEGATIVITY
Michele Vargas Garcia · Eliara Pinto Vieira Biaggio

PARTE VI
OUTROS EXAMES

19
FREQUENCY FOLLOWING RESPONSE.

Milaine Dominici Sanfins · Maria Francisca Colella-Santos

20

POTENCIAIS EVOCADOS AUDITIVOS DE TRONCO ENCEFÁLICO EM MONITORIZAÇÃO NEUROFISIOLÓGICA INTRAOPERATÓRIA.....
Otávio Gomes Lins · Alexandre Medeiros Sampaio Januário

21
POTENCIAL MIOGÊNICO EVOCADO VESTIBULAR
Aline Tenório Lins Carnaúba · Kelly Cristina Lira de Andrade • Pedro de Lemos Menezes

* Acesse o conteúdo exclusivo para download através do site: https://www.booktoy.com.br/conteudo-exclusivo

* Senha disponível dentro do livro na página 20.

As planilhas desta obra estão disponíveis para download.


Comentários (0)

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.