• Exatamente no Centro Atividades Seletiva do Tronco no Tratamento da Hemiplegia no Adulto

Exatamente no Centro Atividades Seletiva do Tronco no Tratamento da Hemiplegia no Adulto

  • Editora: MANOLE
  • Autor: DAVIES
  • Produto disponível


  • de: R$100,00
  • por:

    R$45,00


Especificação
Título EXATAMENTE NO CENTRO
Autor(a) DAVIES
ISBN 8520404081
Edição / Ano 1/1996
Número de Páginas 284
Dimensões 23x16x2
Capa BROCHURA
Descrição
Neste livro a teoria é seguida por uma excelente seção prática sistematicamente estruturada descrevendo várias atividades e posições para o paciente.

Sumário
Sumário
Introdução
Parte 1 Arcabouço Teórico
1 O Tronco Normal - Considerações Evolutivas e Anatômicas
1.1 A Coluna Vertebral
1.1.1 Movimentos da Coluna Vertebral
1.1.2 Movimentos da Caixa Toráxica
1.2 Conclusão
2 Aspectos do Controle, do tronco
2.1 A Ponte
2.2 O Tentáculo
2.3 A Ponte-Tentáculo
2.3.1 Controle Muscular do Tronco
2.3.2 Considerações Anatômicas
2.3.2.1 Extensão
2.3.2.2 Cintura Escapular
2.3.2.3 Músculos Abdominais
2.3.2.4 Respiração
2.4 Tipos de Ação Muscular
2.5 Conclusão
3 Problemas Associados com a Perda da Atividade do Tronco na Hemiplegia
3.1 Possíveis Razões da Perda Bilateral da Atividade e Tônus dos Músculos Abdominais
3.2 Perda da Atividade Seletiva
3.2.1 Músculos do tronco
3.2.2 Músculos do Tronco e Membros Atuando Simultaneamente
3.3 Incapacidade de Mover-se em Padrões Normais
3.4 Os Problemas Mais Comumente Observados, Vistos em Relação ao Desenvolvimento Motor Normal
3.4.1 Dificuldades na Respiração e na Fala
3.4.1.1 Configuração Deformada da Caixa Toráxica
3.4.2 Dificuldades Observadas enquanto Deitado
3.4.3 Dificuldades para Mover-se entre Deitado e Sentado
3.4.4 Dificuldades no Sentar
3.4.5 Dificuldades para Ficar de Pé a Partir de Sentado
3.4.6 Dificuldades na Postura de Pé
3.4.7 Algumas Dificuldades Observadas na Marcha
3.4.7.1 A Fase de Apoio (Estação)
3.4.7.2 A Fase de Impulsão ou Oscilação
3.4.7.3 Marcha Lenta e Trabalhosa com, o Aumento da Largura da Passada Aumentadar
3.4.7.4 Reações Associadas no Braço
3.4.8 Dificuldades para Movimentar o Braço
3.5 Conclusão
Parte II Atividades Terapêuticas
4 Atividades Na Postura Deitada
4.1 Facilitando a Respiração
4.1.1Movimentando o Tórax Passivamente
4.1.2 Assistindo a Expiração
4.1.3 Facilitando a Respiração Diafragmática
4.2 Flexão/Rotação do tronco Superior
4.2.1 Ajudando a Movimentação Passiva
4.2.2 Facilitação de Movimento Ativo
4.3 Restabelecendo a Protração Ativa da Escápula com Ativação dos Músculos Oblíquos Abdominais
4.3.1 Elevando os Cotovelos
4.4 Rolamento para Prono
4.4.1 Virar para o Lado Hemiplégico
4.4.2 Virar para o Lado Sadio
4.5 Flexão/Rotação do Tronco Inferior
4.6 Ativando os Músculos Oblíquos Abdominais em Decúbito Recurvado
4.7 Posição dos Braços
4.8 Fazendo Ponte, uma Atividade Útil para Recuperar Extensão Seletiva do Quadril Juntamente com Atividade Muscular Abdominal
4.9 Controle Ativo da Perna Hemiplégica Através do seu Arco de Movimento
4.10 Conclusão
5 Movendo-se Entre Deitado e Sentado
5.1 Sentando na Beirada da Cama
5.1.1 Completamente Sustentado
5.1.2 Menos Assistência
5.1.3 Sem. Sustentação
5.2 Deitando a Partir de Sentado
5.3 Balançando Enquanto Sentado Recurvado
5.4 Movendo o Tronco Enquanto Sentado com as Pernas Estendidas
5.4.1 Sentado com as Pernas Estendidas com Extensão Isolada de Joelho
5.4.2 Movendo-se Para Deitado em Supino
5.4.3 Deitando-se com o Tronco em Rotação
5.5 Conclusão
6. Atividades na Postura Sentada
6.1 Sentando com Ambas as Pernas por sobre o Lado da Maca
6.1.2 Flexão e Extensão Seletivas do tronco Inferior
6.1.3 Rotação com Flexão do Tronco
6.2 Rotação do Tronco com Ambos os Braços Sustentados no Mesmo Lado
6.2.1 Rodando para o Lado Sadio
6.2.2 Rodando para o Lado Hemiplégico
6.3 Movimentos Ativos do Braço Hemiplégico Após a Inibição da Espasticidade
6.4 Transferência de Peso para os Lados
6.4.1 Movendo-se para o Lado Hemiplégico
6.4.1.1 Uma Seqüência Progressiva para Ensinar o Movimento Correto
6.4.2 Movendo-se para o Lado Sadio
6.4.2.1 Uma Seqüência Progressiva para Ensinar o Movimento Correto
6.5 Flexão Lateral Seletiva do Tronco Inferior
6.6 Flexão Lateral Ativa do Tronco Contra Gravidade
6.7 Movendo-se para a Frente e para Trás
6.8 Conclusão
7 Levantar-se Para a Postura de Pé
7.1 Atividades Terapêuticas e Funcionais
7.1.1 Trazendo o Tronco Estendido para a Frente
7.1.2 Ficando em Pé a Partir de Sentado
7.1.2.1 Sustentado pela Terapeuta
7.1.2.2 Mãos Apoiando Sobre um Banco
7.1.2.3 Sustentação de Peso sobre a Perna Hemiplégica Isoladamente
7.1.3Alternando Entre Atividade Seletiva Extensora e Flexora do Tronco e Quadris
7.1.3.1 Integrando Flexão Plantar Ativa do Pé
7.1.3.2 Pernas Cruzadas
7.1.3.3 Executando uma Tarefa Adicional
7.1.4 Ficando em Pé a partir de uma Maca ou Leito Altos
7.1.4.1 Transferindo o Paciente para um Leito Alto
7.1.5 Ficando em Pé e Retornando a Sentado a partir de uma Maca ou Leito Altos
7.1.5.1 Peso Tomado sobre a Perna Hemiplégica
7.1.5.2 Peso Tomado sobre a Perna Sadia
7.2 Conclusão
8 Atividades em Pé
8.1 Considerações Importantes Antes que sejam iniciadas as Atividades em Pé
8.2 Atividades para Treinar Movimento Seletivo de Tronco e Pernas
8.2.1 Inclinando a Pelve para a Frente e para trás
8.2.2 Sustentação de Peso sobre a Perna Hemiplégica com Abdução e Adução do Quadril Contralateral
8.2.3 Dobrando o Tronco, para a Frente e Trazendo-o para a Vertical Novamente
8.2.4 Dobrando o Tronco para a Frente e Retornando a uma Posição Ereta Enquanto em Pé sobre uma Superfície Inclinada
8.2.5 Sustentação de Peso sobre a Perna Hemiplégica Enquanto Colocando o Pé Sadio sobre um Degrau
8.2.6 Sustentação de Peso sobre a Perna Hemiplégica com a Perna Sadia Abduzindo
8.2.7 Extensão com Abdução e Rotação Externa dos Quadris
8.2.8 Flexão Plantar Ativa dos Tornozelos com Joelhos Fletidos
8.2.9 Controlando a Perna Hemiplégica Ativamente Contra a Gravidade
8.2.1 Controle Ativo da Perna Hemiplégica quando o Quadril é Estendido
8.2.11 Movendo os Braços Ativamente Enquanto em Pé
8.2.11.1 Segurando um Bastão com Ambas as Mãos
8.2.11.2 Batendo em uma Bola com um Bastão
8.2.11.3 Batendo em um Balão para Longe com a mão Hemiplégica
8.3 Conclusão
9 Atividades com Bola
9.1 Atividades com Bola Enquanto Deitado Supino
9.1.1 Levantando a Bola do Leito com Ambas as Pernas
9.1.2 Abduzindo e Aduzindo Uma Perna com a Outra Perna Sustentada sobre a Bola
9.2 Atividades em Prono
9.2.1 Deitado em Prono sobre a Bola com o Peso Sustentado Através de Ambos os Braços
9.2.2 Flexão Tronco Inferior e Quadril com Ambos os Joelhos Sustentadas sobre a Bola
9.2.3 Rotando o Tronco Até que Apenas Um Trocanter Fique Apoiado na Bola
9.3 Atividades com Bola Enquanto Sentado
9.3.1 Flexionando e Estendendo a Coluna Lombar
9.3.2 Flexão Lateral da Coluna Lombar
9.3.3 Quicando sobre a Bola
9.3.4 Andando com Ambos os Pés para a Frente Até que Apenas os Ombros Fiquem Sustentados sobre a Bola
9.4 Atividades com Bola em Pé
9.4.1 Ficando de Pé sobre Uma Perna com o Outro Pé sobre uma Bola que se Move
9.5 Conclusão
10 Andando
10.1 Observando, Analisando e Facilitando a Marcha - Considerações Teóricas
10.1.1 Ritmo e Cadência
10.1.2 Comprimento do Passo
10.1.3 Posição dos Pés sobre o Solo
10.1.4 O Joelho
10.1.5 A Pelve
10.1.6 O Tronco
10.1.7 Os Braços
10.1.8 A Cabeça
10.1.9 Mantendo o Equilíbrio
10.2 Facilitando a Marcha and 8209; Considerações Práticas
10.2.1 Calçados
10.2.2 Assistindo a Extensão do Quadril
10.3 Facilitando Andar para Trás
10.3.1 Inclinado para Trás Sem Dar um Passo
10.3.2 Dando Passos para Trás
10.4 Facilitando Andar para os Lados
10.4.1 Para o Lado Sadio
10.4.2 Para o Lado Hemiplégico
10.5 Facilitação da Marcha para a Frente
10.5.1 Estabilizando o Tórax ao Mover o Tronco para a Frente
10.5.2 Facilitação para Prevenir Flexão Lateral do Tronco e Reações Associadas no Braço
10.5.2.1 Sustentado o Braço Hemiplégico
10.5.2.2 Sustentando uma Bola
10.5.2.3 Segurando um Bastão em Ambas as Mãos
10.5.2.4 Aplicando Pressão ao Tórax do Paciente
10.5.3 Facilitação Usando Tapping Estimuladoras e Inibidoras
10.5.3.1 Tapping Estimulador sobre os Extensores do Quadril
10.5.3.2 Tappings de Estimulação para os Músculos Abdominais Baixos
10.5.3.3 Tappings de Inibição
10.5.4 Facilitação para Estreitar a Largura da Passada
10.5.4.1 Andando ao Longo de uma Linha
10.5.4.2 Andando ao Longo de uma Prancha
10.5.5 Facilitação para Restabelecer o Ritmo
10.5.5.1 Usando um Tamborim
10.5.5.2 Quicando uma Bola com a Mão Sadia
10.5.5.3 Quicando uma Bola Grande com Ambas as Mãos
10.5.5.4 Imitando os Passos da Terapeuta
10.5.6 Facilitando andar sobre os Artelhos
10.5.7 Andando com a Cabeça Movendo-se Livremente
10.5.7.1 Atirando e Apanhando uma Bola
10.5.7.2 Batendo num Tamborim
10.6 Conclusão
Referências
Índice Remissivo

Comentários (0)

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.