• Asilamento de pessoas com deficiência Institucionalização da incapacidade social

Asilamento de pessoas com deficiência Institucionalização da incapacidade social

  • Editora: MEMNON
  • Autor: PAULA
  • Produto disponível


  • de: R$28,00
  • por:

    R$22,00


Especificação
Título ASILAMENTO DE PESSOAS COM DEFICIENCIA
Autor(a) PAULA
ISBN 8585462946
Edição / Ano 1/2008
Número de Páginas 110
Dimensões 21x14x1
Capa BROCHURA
Descrição

A atenção às pessoas com deficiência, na nossa realidade, está bastante baseada em um modelo assistencial caritativo-custodial, no qual predominam serviços filantrópicos e da iniciativa privada, conveniados com o poder público. Esta situação originou-se da constituição das políticas públicas de saúde e de reabilitação em nosso país, que privilegiaram o repasse de recursos à comunidade, mantendo a assistência sob a égide do humanitarismo religioso.

As instituições asilares em suas diferentes formas, ou seja, hospital e retaguarda, lares para excepcionais, hospitais psiquiátricos e asilos, constituem-se em espaços marginais às instituições de caráter científico, como por exemplo , os hospitais de primeiras linha e as entidades de reabilitação. Estas instituições asilares carecem de uma proposta terapêutica e desempenham exclusivamente papel de oferta de abrigo e cuidados básicos a clientela. Ainda assim, esses “cuidados” são oferecidos de forma bastante precária agravando os quadros das professoras rompendo de vez, os laços familiares e sociais existentes

A partir da caracterização de uma instituição hospitalar típica (ou seja , de sua clientela, seus agentes e sua rotina, bem como da análise ( com referencial psicanalítico)de entrevistas realizadas com um sujeito institucionalizado para obter coleta de história de vida, pretendeu-se , neste estudo compreender o impacto do asilamento no processo de constituição da subjetividade dos sujeitos internados e os mecanismos de sustentação da prática social do asilamento de pessoas com deficiência.

Sumário
  SUMÁRIO



Prefácio

Apresentação

O momento de ver:
Primeiras aproximações

Breve histórico das políticas na àrea de reabilitção

As instituições asilares hoje: (Des)semelhanças entre as entisdades

O MOMENTO DE COMPREENDER

APROXIMAÇÔES PRISMÁTICAS

Um olhar higienista sobra hospital-asilo

Do dizer e do fazer institucional

O asilo e o discurso científico:
Possibilidades simultâneas de um discurso

O MOMENTO DE CONCLUIR

Referências
Comentários (0)

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.