• Família Urgências e Turbulências

Família Urgências e Turbulências

  • Editora: CORTEZ
  • Autor: CORTELLA
  • Produto disponível


  • R$38,00


Especificação
Título FAMILIA URGENCIAS E TURBULENCIAS
Autor(a) Mario Sergio Cortella
ISBN 9788852492528
Edição / Ano 1/2017
Número de Páginas 141
Dimensões 1x14x21
Capa BROCHURA
Descrição

Em "Família: Urgências e Turbulências", Mario Sergio Cortella se vê agora desafiado por perguntas que têm provocado preocupação em diversos segmentos da sociedade, especialmente entre os pais que percebem uma irrefreável erosão das relações familiares: 

Como melhorar o convívio entre pais e filhos? Como educar os jovens? Como estipular limites a eles? Como ser presente na criação e educação dos filhos, diante da vida atribulada que os adultos têm? Como evitar a fragmentação das relações familiares? Como não deixar que a tecnologia atrapalhe o convívio e os estudos? Como impor autoridade a jovens cada vez mais desacostumados a obedecer? Como lidar com crianças e jovens que parecem estar tão mimados, quanto despreparados para enfrentar as dificuldades da vida? 

A obra traz em suas páginas, além de respostas para estes e outros questionamentos, um posicionamento firme e claro: os pais que enfrentam situações como essas devem estar sempre alertas aos riscos que os conflitos em família podem provocar e, mais do que isso, devem adotar uma postura ativa, urgente e corajosa para encontrar soluções.

Sumário

Sumário

Angustias da criação turbulenta

Cuidar da cidade turbulenta 

Comércio de afetos turbulentos?

Turbulência na autoestima!

Ocupações e desocupações turbulentas

A turbulência do “tudo já, agora, ao mesmo tempo, junto”

A turbulência das razões e dos senões

Condutas turbulentas, espaços perigosos

Tudo tem limite! Enfrentar a turbulência!

Bullying e castigo: turbulência e consequência 

Tá em casa? Tá segura?

Adolescência é turbulenta “aborrecência”?

Sensatez: orientar as turbulências da orientação sexual

Sexo seguro em meio as turbulências do desejo

Turbulências da culpa; mas formar não é moldar!

E a turbulenta escolha da escola?

Conclusão: Tempo de serenar:

Jornada gratificante, dever cumprido e obra amorosa!


Comentários (0)

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado!
    Ruim           Bom

Etiquetas: Familia