• Eletrofisiologia da Audição e Emissões Otoacústicas Princípios e Aplicações Clínicas

Eletrofisiologia da Audição e Emissões Otoacústicas Princípios e Aplicações Clínicas

  • Editora: BOOK TOY
  • Autor: Luiz Carlos Alves de Sousa / Marcelo Ribeiro de Toledo Piza / Ká
  • Produto disponível

  • de: R$150,00
  • por:

    R$135,00



Calcule prazo de entrega e frete:

Calcular
"Em Eletrofisiologia da Audição e Emissões Otoacústicas: Princípios e Aplicações Clínicas, os autores colocam todas as suas experiências adquiridas ao longo de décadas trabalhando com a Eletrofisiologia da Audição - as Emissões Otoacústicas fazem parte de uma ciência mais jovem.
Nos capítulos iniciais os leitores terão um embasamento teórico mínimo necessário para interpretar os exames de Eletrococleografia (ECoG), Potencias Evocados Auditivos de Tronco Encefálico (PEATE), Resposta Auditiva de Estado Estável (RAEE), Potenciais Evocdos Auditivos Corticais Relacionados a Eventos (P300) e Emissões Otoacústicas (EOA).
Durante essa longa vivência com os potenciais evocados auditivos e as emissões otoacústicas, os autores documentaram centenas de casos de interesse científico (existem casos que não são de interesse científico?) e 74 deles são aqui representados e comentados com boa profundidade, exemplificando as mais variadas indicações clínicas desses exames e seu impacto na condução da hipótese diagnóstica."
  Sumário

Parte 1 - A  Princípios da Eletrofisiologia da Audição

Capitulo 1 - Histórico
Capítulo 2 - Conceitos básicos e fundamentos neurofisiológicos
Capítulo 3 - Sistema de Registro dos Potenciais
              3.1 - Transdutor 
              3.2 - Eletrodos
              3.3 - Janela
              3.4 - Amplificação
              3.5 - Filtros
              3.6 - Promediação do sinal
Capítulo 4 - Características do estímulo para gerar potenciais evocados
              4.1 - Tipo de estímulo
              4.2 - Intensidade
              4.3 - Polaridade
              4.4 - Taxa de apresentação
Capítulo 5 - Considerações Importantes e Dicas para realizar um bom exame

Parte 1 - B - Introdução aos Exames Eletrofisiológicos
              6.1 - Origem dos componentes registrados pela ECoG
              6.2 - Efeitos da idade
              6.3 - Realização do exame
                 6.3.1 - Eletrodos
                 6.3.2 - Técnica de registro
              6.4 - Indicações clínicas
                 6.4.1 - Diagnóstico de hidropisia Labiríntica/doença de Ménière
                 6.4.2 - Diagnóstico de neuropatia auditiva/dessíncronia auditiva
                 6.4.3 - Registro simultâneo da ECoG e do PEATE
Capítulo 7 - Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico (PEATE)
              7.1 - Origem dos componentes registrados na pesquisa do PEATE
              7.2 - Efeitos da idade
              7.3 - Realização do exame
              7.4 - Mascaramento
              7.5 - PEATE por condição óssea
              7.6 - Interpretação dos resultados
              7.7 - Pesquisa do limiar eletrofisiológico
              7.8 - Neurodiagnóstico
              7.9 - Principais indicações da utilização do PEATE
                 7.9.1 - Diagnóstico da surdez infantil
                 7.9.2 - Checagem dos limiares psicoacústicos
                 7.9.3 - Diagnóstico de lesões retrococleares
                 7.9.4 - Diagnóstico da doença de Ménière
                 7.9.5 - Topodiagnóstico da síndrome vestibular
                 7.9.6 - Estadiamento do coma e diagnóstico da morte encefálica
                 7.9.7 - Monitoramento do tronco encefálico em cirurgia cardíaca
                 7.9.8 - Pesquisa do microfonismo coclear (MC)
                 7.9.9 - Limitações do exame do PEATE

Capítulo 8 - Resposta Auditiva de estado estável (RAEE)

Capítulo 9 - Potenciais Evocados Auditivos Corticais relacionados a Eventos (P300)
              9.1 - Origem dos componentes registrados na pesquisa dos P3000
              9.2 - Efeitos da idade
              9.3 - Realização do exame
              9.4 - Interpretação dos resultados
              9.5 - Indicações clínicas
                 9.5.1 - Distúrbios da cognição relacionados a patologias neurológicas
                 9.5.2 - Distúrbios do PAC em crianças com distúrbios de aprendizagem
                 9.5.3 - Distúrbios do PAC em idosos com dificuldade de compreensão da fala em ambientes com competição sonora
                 9.5.4 - Detecção de simuladores de perda auditiva
               9.6 - Limitações do exame

Capítulo 10 - Emissões Otoacústicas
              10.1 - Emissões otoacústicas evocadas transientes (EOAT)
                10.1.1 - Parâmetros para captação, registro e análise dos EOAT
                10.1.2 - Informações sobre o estímulo
                10.1.3 - Informação sobre o registro das respostas
                10.1.4 - Informações sobre o ruído
                10.1.5 - Informações sobre a resposta
                10.1.6 - Análise de resposta obtida
              10.2 - Emissões otoacústicas evocadas por produtos de distorção (EOAPD)
                 10.2.1 - Análise da resposta obtida
              10.3 - Registro das EOA evocadas (EOAT e EOAPD) nas alterações auditivas
                 10.3.1 - Perda auditiva condutiva
                 10.3.2 - Perda auditiva sensorial
               10.4 - Recomendações para a utilização adequada dos EOA na rotina clínica

Capítulo 11 - Referências bibliográficas
 

Parte 2 - Aplicações clínicas: discussão de caso
  
Capitulo 12 - Surdez infantil

Capítulo 13 - Checagem dos limiares psicoacústicos

Capítulo 14 - Doenças da Orelha interna

Capítulo 15 - Lesões Retrococleares

Capítulo 16 - Estadiamento do com e diagnóstico da morte encefálica
 
Capítulo 17 - Monitoramento intra-operatório das vias auditivas e da função do tronco encefálico  
Mais Informações
Título ELETROFISIOLOGIA DA AUDICAO E EMISSOES OTOACUSTICAS
Autor(a) Luiz Carlos Alves de Sousa / Marcelo Ribeiro de Toledo Piza / Kátia de Freitas Alvarenga / Pedro Luis Cóser
ISBN 9788565027410
Edição / Ano 3/2016
Número de páginas 372
Dimensões 24x17x2
Capa BROCHURA

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado!
    Ruim           Bom