• Diagnóstico Intervencionista em Arteterapia Dinâmicas psicoartísticas e criatividade expressiva

Diagnóstico Intervencionista em Arteterapia Dinâmicas psicoartísticas e criatividade expressiva

  • Editora: WAK
  • Autor: BITTENCOURT
  • Produto disponível


  • R$62,00


Especificação
Título DIAGNOSTICO INTERVENCIONISTA EM ARTETERAPIA
Autor(a) BITTENCOURT
ISBN 9788578542870
Edição / Ano 1/2015
Número de Páginas 183
Dimensões 21x14x1
Capa BROCHURA
Descrição
O presente estudo descreve uma análise e um diagnóstico intervencionista da Psicologia como reflexão e aplicação de um programa de criatividade em Arteterapia como Psicologia social familiar no processo de educação criativa.
O objetivo desta investigação é apresentar um trabalho profissional e social como CLÍNICA TERAPÊUTICA ARTÍSTICA CRIATIVA.
Inicialmente é apresentado o modelo da Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung como embasamento teórico, sendo compartilhado em seguida os processos da criatividade como expressão criadora total, utilizando os Ativadores Criativos do Doutor David de Prado e o processo de Oficina Criativa de Cristina Alessandrini. Para validar os estudos, utilizam-se a criatividade metódica em Arteterapia e os Estágios e Bloqueios Psicossociais da Criatividade.
Finalmente, é desenvolvida uma metodologia de análise de casos em Arteterapia Clínica com o uso do modelo das DINÂMICAS PSICOARTÍSTICAS DE DIAGNÓSTICO INTERVECIONISTA (terapia artística expressiva).

Sumário
Sumário:

PREFÁCIO

INTRODUÇÃO

PARTE TEÓRICA

CAPÍTULO I - JUNG E O INCONSCIENTE CRIATIVO FANTÁSTICO E SIMBÓLICO – DIMENSÃO ARTÍSTIVA TERAPÊUTICA

CAPÍTULO II - A EXPRESSÃO CRIADORA TOTAL (ECT) ARTÍSTICA TERAPÊUTICA

CAPÍTULO III - A CRIATIVIDADE METÓDICA EM ARTETERAPIA: BLOQUEIOS PSICOSSOCIAIS DE CRIATIVIDADE

CAPÍTULO IV - DINÂMICAS PSICOARTÍSTICAS: TÉCNICAS UTILIZADAS. NOVAS LINHAS DE INVESTIGAÇÃO E INTERVENÇÃO CRIATIVA COMO DESAFIO PARA O PROCESSO DA ARTETERAPIA

PARTE EMPÍRICA – CLÍNICA ARTÍSTICA CRIATIVA

CAPÍTULO V - METODOLOGIA DE ANÁLISE DIAGNÓSTICA DE CASOS EM ARTETERAPIA CLÍNICA. SÍMBOLOS NA SUA DIMENSÃO ARTETERAPÊUTICA

CAPÍTULO VI - EXPERIÊNCIA CRIATIVA INDIVIDUAL: INTERLIGAÇÃO CLÍNICA PROFISSIONAL – ESTUDO DE CASO: TURBILHÃO DE IDEIAS E SOLUÇÃO CRIATIVA DE PROBLEMAS COMO AUTOAVALIAÇÃO

CAPÍTULO VII - A CRIATIVIDADE EM ARTETERAPIA COMO UMA PSICOLOGIA FAMILIAR NO PROCESSO DE EDUCAÇÃO CRIATIVA

CAPÍTULO VIII - AUTOBIOGRAFIA CRIATIVA ARTETERAPÊUTICA E CRIACÃO. EU COMO CRIADORA. RECONSTITUINDO MEU EU

CONCLUSÃO – DA ESTIMULAÇÃO CRIADORA A MINHA AUTOTRANSFORMAÇÃO ARTÍSTICA TERAPÊUTICA

REFERÊNCIAS
Comentários (0)

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.