• Coletânea Nº 1 - PAIR, PAIRO, RUÍDO, EPI, EPC, PCA, CAT, PERÍCIAS, REPARAÇÃO e outros tópicos sobre Audiologia

Coletânea Nº 1 - PAIR, PAIRO, RUÍDO, EPI, EPC, PCA, CAT, PERÍCIAS, REPARAÇÃO e outros tópicos sobre Audiologia

  • Editora: LTR
  • Autor: KWITKO
  • Produto disponível


  • R$45,00


Especificação
Título COLETANEA N 1-PAIR PAIRO RUIDO EPI EPC PCA CAT PERICIAS REPARACAO
Autor(a) KWITKO
ISBN 8536101784
Edição / Ano 1/2001
Número de Páginas 144
Dimensões 26X16X1
Capa BROCHURA
Descrição
PAIRO é encontrada em todo o mundo. Afeta aproximadamente 35% dos indivíduos expostos a ruído ocupacional. Também se observam distúrbios cardiocirculatórios, gástricos, alterações sexuais e de comportamento social.
Empresas defrontam-se com mudanças e a globalização traz competidores de todo o mundo. Diante disso adotam-se modismos de gerenciamento: administração participativa, programas de qualidade total, reengenharia.
A participação do público interno é enfatizada, mas poucas empresas investem na melhoria das condições de saúde deste público. Estas, quando realizadas, o sâo por imposições legais e todo trabalho é pouco profissional, com soluções domésticas inconsistentes e que timidamente contribuem para viabilizar transformações. Como as atividades não originam resultados positivos, a idéia é de que essas ações constituem-se em "despesas", sempre cortadas nos orçamentos. E o ciclo se perpetua.
Sumário

Sumário

1. Prevenção da perda auditiva induzida pelo ruído ou PAIR, PAIRO, PCA

2. Ruído: um problema de saúde

3. Ceremonia de iniciación al ruido

4. Cuando ruido es demasiado ruido?

5. Responsabilidade social e conservação da audição

6. Da responsabilidade dos agentes em segurança do trabalho

7. Síntese da evolução legislativa desde o ano de 1965 sobre medidas de proteção do trabalhador sob o enfoque do agente ruído ocupacional

8. Cumpra-se a lei

9. A falta de adesão dos administradores aos programas de conservação auditiva

10. Quem sabe (realmente) o que a empresa está fazendo para prevenir a perda auditiva ocupacional?

11. Perdas auditivas ocupacionais: análise de variáveis e diagnóstico

12. O nível de ação diante do ruído ocupacional

13. Audiometria para empregados não-expostos ao ruído

14. O nível máximo de ruído permitido em cabinas audiométricas

15. Qual o benefício da realização de exames audiométricos em curtos (menos de um ano) espaços de tempo?

16. A importância da via óssea na audição humana

17. Classificação de testes audiométricos ocupacionais: o que é, e o que insiste em ser

18. Audiometria alterada e admissão para trabalho em ambiente ruidoso

19. Afastar trabalhadores com perda auditiva do ruído

20. Avaliação da perda auditiva ocupacional e da presbiacusia: uma aplicação da análise de componentes principais

Comentários (0)

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.